Marta Peres  

Nosso  escritório  está localizado em Padova Itália  - especializado na assessoria para reconhecimento da cidadania italiana por iure sanguinis

Perfil profissional Marta Peres:

  • Italo Brasiliana.    Natural de São Paulo - Capital, residente desde 2008  em Padova na Itália;
  • Formada em Comunicação social, ​Pós graduada e Especializada em Administração de Empresas pela FAAP e FGV ( SP );
  • ​Executiva do mercado corporativo, em São Paulo, com 20 anos de experiência no segmento financeiro;
  • Em base a experiência obtida para realizar o processo de cidadania na Itália  de - familiares e conhecidos - descendentes  de italiano;  fundou a Marta Peres Assessoria. 

Nossa Equipe:


Marta Peres -  Atua no setor comercial -  contato e suporte aos clientes; 

Franco Sgaravato -  Italiano, atua no setor técnico, representa e acompanha os clientes junto aos órgãos públicos; 

Marcela Moura - Brasileira, atua no setor financeiro / administrativo;

Matilde Alves  - Assessoria no Brasil


Nosso compromisso:

Trabalhamos com ética e transparência; fazemos todo o possível e o necessário, dentro da lei, para atendermos às necessidade e expectativas dos nossos clientes.

O processo de reconhecimento da cidadania italiana; envolve muitos detalhes, burocracias, energia, dinheiro e acima de tudo mexe com o sonho das pessoas.

Respeitamos nossos clientes e levamos o nosso trabalho a sério!

Faça seu processo sozinho e somente se necessário - conte com o auxílio de um profissional - para  te orientar na parte Administrativa.         Sugestão de como escolher a sua assessoria na Itália... 

Atenção!

Sabemos que quem vê cara não vê coração... Não devemos confiar em todos os brasileiros residentes na Itália.  Ser brasileiro, não é o suficiente para prestar uma assessoria!

Uma opção é usar alguns filtros de análise e identificar pessoas, com um perfil profissional adequado para oferecer uma assessoria na Itália.  Seria importante avaliar  alguns fatores:

A formação acadêmica do assessor - o nível cultural e o posicionamento, são fatores importantes para um profissional que irá representar o cliente e defender seus interesses; na Itália é importante saber se impôr. 

O histórico profissional - A experiência em cargos de liderança, de responsabilidade e de atendimento ao cliente - em empresas conceituadas - espelham o perfil de quem irá te assessorar.

Interagir diretamente com uma Pessoa Física - Não use assessorias, onde a ferramenta de contato oferecido é somente um site institucional, e-mail genérico ( contato, equipe) ou páginas pessoais.   É importante que o cliente esteja em contato direto com o responsável pela assessoria; saiba literalmente quem é; pois quem trabalha corretamente não tem medo de se expor e interagir com o cliente.

Muitas assessorias "super valorizarem" seus serviços e informam possuir uma grande equipe administrativa e jurídica, etc. Quando na verdade, neste segmento, para oferecer uma "assessoria eficáz" para o cliente; é necessário um profissional sério,  relacionamento no "comune",  conhecimento do procedimento e atuação - com clareza e velocidade -  nos processos. 

A prática em si, apesar de assustadora e burocrática; no final, com conhecimento e organização... é simples! O cliente deve vir com todos os documentos pré analisados e aceitos pelo comune; todo o resto é uma questão de sequências administrativas.

A exatidão do tempo para finalizar um processo, é uma questão que deve ser tratada com transparência; tanto o requerente, como o assessor ficam a mercê do tempo imposto pelos órgão púbicos... ( comune e consulado para responder a "non rinuncia").

Você que deseja obter o reconhecimento da cidadania, provavelmente, já buscou muitas informações... e deve saber que os documentos exigidos, procedimentos e tempo - são os mesmos em todos os comunes. Então... entranhe, se alguém oferecer algo muito atrativo. 

Nossa política  é atendermos nossos clientes de modo discreto. Num cenário altamente desgastado, com tanta  fraude e polêmica x aos requerentes que fazem o processo com a ajuda de assessorias- em hipótese alguma, convém fazer divulgação de fotos dos requerentes com passaporte, enfatizar quem fezo processo na Italia e com assessoria. Todos sabem que a maioria dos requerentes fazem o processo de reconhecimento na Itália e depois retornam para o Brasil ou outros países...    Preservar a imagem dos nossos requerentes é fundamental. 

Depoimento... 

Silvanio Covas

Advogado/ Sociedade de Advogados

"Tomei conhecimento da Assessoria em Cidadania Italiana Marta Peres por intermédio do Linkedin.

Alguém estava fazendo uma recomendação e eu fui conferir no seu site www.martaperes.com. De tudo o que eu havia visto e lido a respeito, o conteúdo do site da Marta Peres me pareceu completo e confiável, com informações esclarecedoras que resolvem as principais dúvidas sobre o processo.

Embora não ofereça serviços para a composição da pasta de documentos na "fase Brasil", orienta cada passo para a obtenção das certidões, com dicas importantes para evitar os tropeços mais recorrentes.

Com base na leitura dos textos do site, entrei em contato por email e fui imediatamente atendido, estabelecendo-se, a partir daí, rica correspondência que evoluiu até a contratação da assessoria para a "fase Itália".

Contratei a assessoria da Marta Peres sobretudo porque ela não prometeu o resultado do processo, pois a cidadania é um direito "jure sanguinis" do descendente, devendo ser apenas reconhecida pelas autoridades, nos limites dos procedimentos permitidos pelas Leis Italianas.

Marta Peres sempre teve disponibilidade para atender às minhas necessidades. Fez criteriosa leitura dos documentos que compunham a pasta de certidões.

Apontou incorreções que seriam identificadas a posteriori, se não corrigidas a tempo. Identificou erros cartorários que só um olho clinico perceberia (selo do apostilamento com nome estranho ao da certidão - pasmem, é fato!).

Embora estivesse sempre disponível para acelerar o processo, Marta nunca prometeu resultados que dependiam das autoridades italianas. Tudo ao seu tempo, insistia ela!

Durante a minha residência na Itália, amparou todas as minhas solicitações. Desde a disponibilização de chip para o celular, como o aluguel de carro, por exemplo.

Meu processo transcorreu dentro das melhores expectativas e hoje tenho o reconhecimento da minha cidadania italiana, sou portador da Cédula de Identidade e do Passaporte italiano".

  •    Silvanio Covas

Referências: Aos interessados em contratar nossa assessoria, para referência, disponibilizamos de forma aleatória o contato de alguns dos : últimos requerentes que usaram os nossos serviços, de requerentes com processos realizados há tempo e de requerentes que estejam presentes na Itália ou com processo em andamento.

Os requerentes devem estar na Itália todo o tempo do processo, respeitando a legislação italiana.