Nosso  escritório  está localizado em Padova Itália  - Especializado na Assessoria para Reconhecimento da Cidadania Italiana  Iure Sanguinis Via Presencial & Via judicial 

Perfil Profissional Marta Peres:

  • Italo Brasiliana.    Natural de São Paulo - Capital, residente desde 2008  em Padova na Itália;
  • Formada em Comunicação social, ​Pós graduada e Especializada em Administração de Empresas;
  • ​Executiva do mercado corporativo, em São Paulo, com 20 anos de experiência no segmento financeiro;
  • Em base a experiência obtida para realizar o processo de cidadania na Itália  de - familiares e conhecidos - descendentes  de italiano;  fundou a Marta Peres Assessoria & Treinamentos;
  • Mais de 250 requerentes presencialmente na Itália - com índice de sucesso de 100% e referências;
  •  Centenas de descendentes treinados e orientados - online - para a montagem do processo, análise dos documentos e passo a passo na Itália para fazer sozinho o processo.

Nossa Equipe:


Marta Peres -  Atua no setor comercial -  contato e suporte aos clientes; 

Franco Sgaravato -  Italiano, atua no setor técnico, representa e acompanha os clientes junto aos órgãos públicos; 

Marcela Moura - Brasileira, atua no setor financeiro / administrativo;

Matilde Alves  - Assessoria no Brasil


Nosso compromisso:

Trabalhamos com ética e transparência; fazemos todo o possível e o necessário, dentro da lei, para atendermos às necessidade e expectativas dos nossos clientes.

O processo de reconhecimento da cidadania italiana; envolve muitos detalhes, burocracias, energia, dinheiro e acima de tudo mexe com o sonho das pessoas.

Respeitamos nossos clientes e levamos o nosso trabalho a sério!


Atenção! Dicas de como escolher um profissional

Sabemos que quem vê cara não vê coração... Não devemos confiar em todos os brasileiros residentes na Itália.  Ser brasileiro, não é o suficiente para prestar uma assessoria!

Uma opção é usar alguns filtros de análise e identificar pessoas, com um perfil profissional adequado para oferecer uma assessoria na Itália.  Seria importante avaliar  alguns fatores:

A formação acadêmica do assessor - o nível cultural e o posicionamento, são fatores importantes para um profissional que irá representar o cliente e defender seus interesses; na Itália é importante saber se impôr. 

O histórico profissional - A experiência em cargos de liderança, de responsabilidade e de atendimento ao cliente - em empresas conceituadas - espelham o perfil de quem irá te assessorar.

Interagir diretamente com uma Pessoa Física - Não use assessorias, onde a ferramenta de contato oferecido é somente um site institucional, e-mail genérico ( contato, equipe) ou páginas pessoais.   É importante que o cliente esteja em contato direto com o responsável pela assessoria; saiba literalmente quem é; pois quem trabalha corretamente não tem medo de se expor e interagir com o cliente.

Muitas assessorias "super valorizarem" seus serviços e informam possuir uma grande equipe administrativa e jurídica, etc. Quando na verdade, neste segmento, para oferecer uma "assessoria eficáz" para o cliente; é necessário um profissional sério,  relacionamento no "comune",  conhecimento do procedimento e atuação - com clareza e velocidade -  nos processos. 

A prática em si, apesar de assustadora e burocrática; no final, com conhecimento e organização... é simples! O cliente deve vir com todos os documentos pré analisados e aceitos pelo comune; todo o resto é uma questão de sequências administrativas.

A exatidão do tempo para finalizar um processo, é uma questão que deve ser tratada com transparência; tanto o requerente, como o assessor ficam a mercê do tempo imposto pelos órgão púbicos... ( comune e consulado para responder a "non rinuncia").

Você que deseja obter o reconhecimento da cidadania, provavelmente, já buscou muitas informações... e deve saber que os documentos exigidos, procedimentos e tempo - são os mesmos em todos os comunes. Então... estranhe, se alguém oferecer algo muito atrativo. 

Nossa política  é atendermos nossos clientes de modo discreto. Num cenário altamente desgastado, com tanta  fraude e polêmica x aos requerentes que fazem o processo com a ajuda de assessorias- em hipótese alguma, convém fazer divulgação de fotos dos requerentes com passaporte, enfatizar quem fez o processo na Italia e com assessoria. 

E' necessário fazer o processo corretamente dentro da lei italiana - e se presencialmente na Itália, possuir a residência por tempo indeterminado, ou no mínimo, pelo período do processo.

Nosso serviço consiste unicamente em ser um facilitador para montar o processo corretamente e orientar o passo a passo a ser feito em toda a jornada do reconhecimento, não concedemos cidadania italiana e não atuamos em conjunto com nenhum óorgão público italiano.